Festival das Três Cores

De Crônicas de Atlântida - Wiki

Festival das Três Cores (em senzar, Zemzihzzid), também chamado Festival das Flores (Fahzid), é uma festa popular de Atlântida que dura três dias a partir de 1º de Flores (ver Calendário Senzar). Celebra principalmente a aliança e amizade entre os homens e os deuses, principalmente Karmó, Tliká e Kiném, simbolicamente associados às cores branca, vermelha e negra, a quem o festival é especialmente dedicado pelos senzares. Nesse dia, representam-se autos sobre a criação da humanidade por essas três divindades, acompanhados de espetáculos pirotécnicos, danças e banquetes.

Para os tlavatlis, é a ocasião da mais grandiosa das festas de dança com os deuses, embora esta também seja praticada em outras ocasiões.

Para os caris, é o dia da festa do Akitu, celebrado como o dia do Ano Novo no antigo Império Cari, época em que se lembravam as façanhas dos deuses e se pedia sua proteção no ano em que se iniciava. Em Kaldu, Musru e algumas cidades de maioria cari em outras partes do Império Atlante, a celebração do Akitu ainda é a principal festa do ano e dura 16 dias.

Por ser uma ocasião em que coincidem comemorações dos três povos mais tradicionais e numerosos em Atlântis, nessa capital o Festival das Três Cores é também visto como uma ocasião de congraçamento e união das raças humanas.