Kemké

De Crônicas de Atlântida - Wiki
Kemke1.jpg

Kemké é uma pessoa, homem ou mulher, que vende serviços sexuais ocasionalmente, sem fazer disso uma profissão ou sua atividade principal - mais frequentemente, mulheres pobres ou endividadas que recorrem a esse expediente para conseguir uma renda extra e escapar à servidão, mas ocasionalmente também homens e mulheres de categoria mais elevada atrás de emoções fortes.

O costume prescreve que evitem concorrer com os dlohké, mantenham-se afastados dos dlaudim e ofereçam seus serviços na própria casa ou procurem clientes em tavernas, teatros e outros entretenimentos abertos. Em Atlântis, o sinal tradicional de sua disposição é um véu grande ou chamativo que é pendurado na entrada da casa ou carregado sobre a cabeça.