Kopinani

De Crônicas de Atlântida - Wiki
Kopinani com Tiakat, sua jovem aprendiz

Tonalnan Kopinani (de kopinani, "molde" em tlavatli) é uma venerável zorciós tlavatli, xamã no distrito de Raltlor, onde é responsável pela vigilância e conservação do Sissã Lam. Sua irmã mais nova, Yoliwani, seguiu a carreira militar, mas faleceu há muito tempo.

Com quatrocentos e quarenta anos, se não erra nas contas, é a pessoa mais idosa e a xamã mais experiente de sua região, talvez de toda a Atlântida. Alta, magra, altura média, está enfraquecida pela idade, e tem cabelo encarapinhado e branco como giz. Sensível e perseverante, apega-se com decisão a seus princípios.

Tem uma ótima relação com sua aprendiz Tiakat, que adotou como sobrinha logo que percebeu seu grande potencial mágico. Ela mesma não tem um poder natural tão grande quanto o de sua aprendiz, mas compensa isso com uma imensa experiência prática e é muito respeitada. Tem um passado obscuro: sabe-se que foi casada com pelo menos dois maridos, teve alguns filhos, viveu muito tempo em Atlântis (onde ainda tem alguns amigos, como Kasmin) e chegou a ser poderosa, mas por razões desconhecidas deixou tudo isso para trás e foi viver na província. Sua verdadeira família mora longe, mas ama Tiakat como se fosse a filha favorita.