Dengus

De Crônicas de Atlântida - Wiki
Revisão de 23h32min de 3 de agosto de 2009 por Ictoon (discussão | contribs) (Nova página: Os '''dengus''' são um povo do qual se origina a língua dengu. Vivem sobretudo no norte da ilha de Ruta, no extremo norte de Tuté e na ilha de Thule, onde têm um pe...)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

Os dengus são um povo do qual se origina a língua dengu. Vivem sobretudo no norte da ilha de Ruta, no extremo norte de Tuté e na ilha de Thule, onde têm um pequeno reino independente.

Tipo físico e estereótipos

Os dengus são de estatura média a alta, pele muito pálida, cabelo ondulado, geralmente louro e frequentemente platinado, olhos frequentemente verdes, cinzentos ou azuis. Têm a reputação de serem marciais, destemidos e decididos, em grande parte devido à boa reputação militar dos guerreiros de Tedlembité.

Cultura

A cultura dengu tradicional é patrilinear e moderadamente patriarcal: espera-se que as mulheres respeitem os maridos, mas não que sejam suas escravas. O casamento é normalmente monogâmico, embora se tolere a presença de concubinas no lar. Em Atlântida, as mulheres dengus tendem a ser mais independentes.

Os trajes tradicionais dengus, nos países frios dos quais se originam, incluem roupas de couro ou de peles. No trabalho, na equitação e na guerra, geralmente usam túnicas com mangas longas, cortadas, ajustados e cosidas, gibões ou cafetãs, junto com calças e capas de lã ou couro. Em países mais quentes, como Atlântida, usam longas túnicas com mangas e chapéus largos, para proteger-se do sol forte.