Draco

De Crônicas de Atlântida - Wiki
Draco1.png

Draco, em senzar guar (Ptenodraco sp.), é um gênero de seres de sangue quente e aspecto reptiliano, inteligentes, com duas patas, comparáveis a pterossauros muito robustos.

Espécies

Existem pelo menos sete espécies de draco, que diferem em cor, tamanho, formato do crânio, compleição e inteligência, embora tenham as mesmas características básicas. Todas são principalmente necrófagas, alimentando-se principalmente das carcaças de grandes animais, mas podem também capturar animais menores, peixes e ovos para complementar sua dieta. A maior e mais rara é o draco dourado (Ptenodraco aureus), que atinge mais de 7,5 metros de comprimento total, 15 metros de envergadura e 400 kg de peso, é encontrado apenas nas florestas temperadas de montanha do continente de Muté. A mais comum em Atlântida é o draco branco (Ptenodraco albus), com 5 metros de comprimento, 10 de envergadura e 180 kg.

Características físicas

A cauda geralmente representa metade do comprimento total, a cabeça (incluindo o “bico”) e o pescoço um quarto e o tronco, outro quarto. A envergadura é o dobro do comprimento total. A altura da cabeça, na posição acocorada usada para repousar, é 40% do comprimento total; de pé (posição para caminhar e correr no solo), cerca de metade do comprimento total.

Machos e fêmeas são aproximadamente do mesmo tamanho e têm as mesmas capacidades físicas e mentais, mas os machos têm chifres e as suas escamas são brilhantes, de tons metálicos. As fêmeas têm uma cor mais fosca e não têm chifres.

Reprodução e ciclo de vida

Os ovos, que pesam cerca de um quilo, são incubados em 90 dias. Os filhotes, que nascem muito pequenos e indefesos, estão prontos para voar com nove meses de idade, mas continuam ligados aos pais até os vinte anos de idade, quando atingem a maturidade sexual e buscam seus próprios parceiros. São monógamos e machos e fêmeas tendem a formar casais permanentes. A longevidade potencial média é de cerca de 800 anos, chegando em alguns indivíduos a 1.200 ou mesmo 1.500 anos.

Voo

Dracos crescidos necessitam de um forte vento ou de uma escarpa elevada para levantar voo por meios naturais, principalmente quando carregam algum peso extra, mas qualquer draco adulto tem poderes mágicos suficientes para levitar e decolar em condições adversas. Ainda assim, preferem evitar lugares fechados ou estreitos nos quais não tenham espaço para desdobrar suas asas. Conseguem decolar transportando o equivalente a metade do seu peso, de modo que os maiores são capazes de carregar um ser humano nas patas ou sobre o dorso.

Sociedade e relacionamento com humanos

Os dracos possuem poderes paranormais muito desenvolvidos, uma memória extraordinária e são muito longevos. Têm suas próprias línguas e podem entender línguas humanas, apesar de as falarem com muita dificuldade, por razões anatômicas. São muito dedicados aos pais, filhos e parceiros e formam clãs familiares de centenas de membros, mas são pouco sociáveis com estranhos. Não são particularmente hostis contra outras espécies: tratam humanos ou quaisquer outras espécies inteligentes como tratariam dracos de clãs estranhos. Os humanos geralmente os respeitam, visto serem seres inteligentes e poderosos demais para serem escravizados, a não ser pelos magos mais ousados e poderosos. Mas é possível conseguir sua cooperação em troca de alimentos e presentes e mesmo dinheiro, pois nas regiões civilizadas - incluindo Atlântida - é mais fácil e menos perigoso para um draco servir aos humanos em troca de pagamento que tentar roubar-lhes seu gado.

Alguns dracos são rotineiramente empregados pelo Exército atlante, principalmente para fins de reconhecimento aéreo. Em combate aéreo são menos úteis, pois são frágeis em relação às máquinas voadoras de que os atlantes e seus principais rivais dispõem. Em terra, são capazes de se defender com garras, chicotadas com a cauda e mordidas, mas não são talhados para o combate e são desajeitados demais para manejar armas. Sua melhor defesa natural é o bafo de fogo, que tem um alcance típico de 10 metros, mas só pode ser usado duas ou três vezes por dia. Podem também aprender defesas mágicas.