Mudanças entre as edições de "Kasmin"

De Crônicas de Atlântida - Wiki
 
Linha 1: Linha 1:
[[Imagem:Kasmin.jpg|left|100px]]
+
[[Imagem:Kasmin_400.png|thumb|right|400px|Quin Tixó Kasmin (arte de Mariana Lopes Fogo)]]
 
'''Quin Tixó Kasmin''' (o U de Qüin se pronuncia) (do senzar ''kas'', "castelo" e ''min'', "fama", "fama do castelo") é um [[ciciós]] [[senzares|senzar]] na transição entre meia-idade e velhice, historiador, naturalista, explorador, escritor e diplomata que é um dos diretores do [[Instituto]] Imperial de Kisharografia e História. De corpo magro e ainda ágil, tem cabelos grisalhos e usa cavanhaque.
 
'''Quin Tixó Kasmin''' (o U de Qüin se pronuncia) (do senzar ''kas'', "castelo" e ''min'', "fama", "fama do castelo") é um [[ciciós]] [[senzares|senzar]] na transição entre meia-idade e velhice, historiador, naturalista, explorador, escritor e diplomata que é um dos diretores do [[Instituto]] Imperial de Kisharografia e História. De corpo magro e ainda ágil, tem cabelos grisalhos e usa cavanhaque.
  

Edição atual tal como às 14h12min de 6 de agosto de 2017

Quin Tixó Kasmin (arte de Mariana Lopes Fogo)

Quin Tixó Kasmin (o U de Qüin se pronuncia) (do senzar kas, "castelo" e min, "fama", "fama do castelo") é um ciciós senzar na transição entre meia-idade e velhice, historiador, naturalista, explorador, escritor e diplomata que é um dos diretores do Instituto Imperial de Kisharografia e História. De corpo magro e ainda ágil, tem cabelos grisalhos e usa cavanhaque.

Idealista, cauteloso e progressista, tem um vasto conhecimento de ciências naturais e humanas. Possui muitos contatos dentro da aristocracia e da alta burocracia imperial, apesar de defender ideias heterodoxas. Mora no círculo exterior da Cidade Proibida, é casado com Sessi e tem uma antiga amizade com Kopinani.

{{Revelações sobre o enredo}} Kasmin é secretamente um dos líderes da Guilda dos Faroleiros. Tendo em vista os interesses da Guilda, aceita Sistu e Tiakat no Instituto e mais tarde convida eles e Tjurmyen a participar da sociedade secreta. Kasmin é apanhado de surpresa pelo golpe de Odu Arpá, durante o qual sua casa é arrasada e sua esposa Sessi é morta, mas consegue fugir e reunir-se com membros do segundo escalão da Guilda no Sumidouro, a rede subterrânea de esgotos de Atlântis. Desanimado, está inclinado a desistir a luta e fugir da cidade, mas é convencido a ficar por Sistu, Tiakat e Tjurmyen, que lhe revelam seus poderes recém-adquiridos. Como único sobrevivente da cúpula da Guilda, assume o papel de chefe nominal da rebelião, mas seu estado de luto e depressão o impede de exercer uma liderança real. Após a vitória da revolução, aceita o convite para viver com seus três discípulos famosos no casarão de Beletsunu e vem a se casar pela terceira vez, com Tjaokun. {{Fim das revelações sobre o enredo}}.