Tendiá

De Crônicas de Atlântida - Wiki
Uanna.gif

Tendiá ou alquimia é um estilo de magia que lida principalmente com a transmutação da matéria e a produção de substâncias por combinações químicas e mágicas e é conhecido em Atlântida como escola Uanna de magia. Seus praticantes são chamados tendia'an, o que pode ser traduzido como "alquimistas". São pesquisadores compenetrados dos aspectos mais mágicos e profundos da natureza e do sobrenatural. É uma escola muito controlada e vigiada pelos governos, visto que domina a produção de substâncias estrategicamente vitais, como o oricalco, ou economicamente importantes, como o ouro.

Os rituais que se baseiam neste estilo de magia baseiam-se principalmente na manipulação de substâncias químicas, metais e energias em complexos laboratórios.

As fórmulas alquímicas desenvolvidas dentro do estilo Uanna não são fórmulas físico-químicas usuais e não podem ser reproduzidas simplesmente repetindo-se os procedimentos com as mesmas substâncias. O resultado das fórmulas depende do lugar e do momento em que são preparadas, da personalidade e do poder mágico do alquimista e até de como os ingredientes foram obtidos. Embora haja uma lógica geral a ser aprendida, cada alquimista precisa descobrir por si só como ele pode chegar aos resultados pretendidos.

As qualidades do estilo Uanna se exprimem em profundidade, dedicação e criatividade. Procurar honrar compromissos assumidos é uma virtude do alquimista, mas subordinar a busca do conhecimento ao lucro e a vantagens sociais compromete seriamente não só sua honra, como também sua habilidade.