Vozé

De Crônicas de Atlântida - Wiki
Arco.jpg

Vozé, toxota ou arqueiro é um soldado que porta arco.

Com prestígio só inferior ao dos cabzés, formam a terceira e a quarta jins (coortes) de uma zemen (legião). Precisam servir três anos entre os razés ou cenzés, mas para esse corpo, habilidade e poder mágico são tão ou mais importantes do que tamanho e força, de modo que essa tropa é o objetivo da maioria dos não-senzares ambiciosos que ingressam na infantaria.

No passado, utilizavam arcos longos. Atualmente, atacam com grandes arcos compostos de longo alcance que podem projetar flechas explosivas, incendiárias, ou mágicas, além de flechas convencionais, capazes de perfurar armaduras de aço (mas, normalmente, não as de oricalco). Usam cota de malha com capacete e uma placa peitoral e portam machadinha e broquel, para se defenderem de eventuais surpresas.

Nas zemens móveis femininas, as jins de vozés são geralmente formadas por mulheres, neste caso chamadas de levozés; tradicionalmente usam arcos e armaduras mais leves do que os vozés clássicos e espadas curtas, em vez de machadinhas.