Página principal

Revolta de Zjoey

De Wiki - Crônicas de Atlântida

A Revolta de Zjoey foi um grande levante popular no vice-reino de Zjoey contra o domínio do Império de Agarta, que se deu em 2684 dfA. Os rebeldes chegaram a expulsar os agartis da maior parte da ilha, mas o Manu contra-atacou desembarcando tropas de elite por meio de rukmas e navios de guerra.

Ao fim de quase um ano de luta, os rebeldes foram esmagados. Acredita-se que morreram cerca de três milhões de mugais na luta e mais seis milhões nas operações punitivas que se seguiram, reduzindo a população da ilha de 35 milhões para 26 milhões. Cerca de 4 milhões de agartis foram em seguida conduzidos pelo governo imperial para colonizá-la em maior profundidade, somando-se aos 2 milhões que lá já viviam.

Dezenas de milhares de refugiados tentaram escapar à repressão, fugindo em barcos precários e lotados para Zhyaungto. A maioria morreu na travessia, com seus barcos afundados por agartis ou pelo mau tempo, mas sabe-se que alguns atingiram seu destino. Pelo menos um barco, no qual viajavam Bayguar, Tjaokun e Tjurmyen, foi desviado pelos ventos desfavoráveis, mas acabou por chegar à costa de Tolanté, onde os sobreviventes, já quase mortos de fome, foram socorridos, interrogados e libertados.

Ferramentas pessoais
TOOLBOX
LANGUAGES
Acessos